O PRECONCEITO E A LÍNGUA DE BOI

Língua de boi

“Triste época! É mais fácil desintegrar um atômo do que um preconceito.”

Albert Einstein

Sempre observo olhares de horror e repugnância de algumas pessoas quando comento que um dos pratos que mais gosto é língua de boi ensopada. Talvez por terem uma fantasia  de que sendo eu um chef de cozinha, fosse mais apropriado dizer que gosto de um prato sofisticado e cheio e frescuras como, por exemplo,  foie gras. Mas o que é foie gras? Nada mais do que fígado gordo de ganso ou pato que sofre por um processo cruel de superalimentação.  Deixando o mal trato de lado, tenho que admitir que adoro o sabor inigualável de tal iguaria. Mas então porque não fazem cara feia a esse ingrediente a não ser quando descobrem a fortuna que custam? Por não terem ideia  muito clara do que é, pois não é uma iguaria tão popular quanto a língua de boi. E se fossem submetidas a uma degustação às cegas, provavelmente, ficariam fãs do foie gras, mas continuariam a fazer caretas para a língua.

Tem também um certo preconceito social envolvido quando se fala em carnes como a língua, a moela ou o pescoço de peru, muita gente costuma torcer o nariz, ainda que nunca tenha levado à boca um pedaço da iguaria. De fato, à primeira vista, as chamadas “carnes de segunda” podem parecer pouco apetitosas; no entanto, por trás da fama duvidosa, elas são capazes de surpreender até os paladares mais exigentes, bastando, para isso, um pouco de conhecimento sobre os segredos que rodeiam seu preparo. Os franceses e italianos sabem muito bem disso e desenvolveram diversas receitas consagradas com tais carnes que vão desde saladas e entradinhas a pratos principais.

Já os audaciosos japoneses criaram um sorvete com sabor de língua de boi. Não consigo imaginar qual é a sensação de se tomar tal sorvete, já que sou do tempo do napolitano, creme e flocos. Sem falar nos insetos fritos, ratos, macaco, carne de cachorro, gambá, tatu etc. que muitos povos consomem normalmente há séculos e parece tão selvagem para os “civilizados”. Acho que tá na hora de começar a refletir mais sobre nossa dieta alimentar, a começar pelo interesse do que tem nas assépticas embalagens de produtos prontos congelados.

A foto de abertura sei que é de um certo mal gosto principalmente quando falamos de comida, mas foi proposital. Quero tentar, ao longo deste post, desfazer o preconceito que envolve a língua de boi. Já que todo preconceito desfaz-se com a simples reflexão dos fatos, caem as fantasias e sobra a coisa em si. Vou contar com a ajuda da minha mãe, Osélia para mostrar passo a passo o preparo desta delícia e, no final, vocês vão constatar que o que vai à mesa é algo bem  diferente  da imagem engraçada acima.

LÍNGUA DE BOI ENSOPADA PASSO A PASSO

Ingredientes:

2 línguas de boi inteiras

1 folha de louro

3 cols. (sopa) de azeite

2 cebolas grandes picadas

3 dentes de alho socado com sal

3 tomates picados

1 cols. (sopa) de colorau

1/2 xíc. (chá) de polpa de tomate

2 cols. (sopa) de vinagre de vinho branco

1 col. (café) de cominho moído

sal e pimenta-do-reino moída a gosto

Cheiro verde picado a gosto

Preparo:

1. Ponha uma panela com água para ferver, adicione sal, a folha de louro e afervente as línguas por 15 minutos. Escorra e deixe esfriar um pouco.

2. Coloque a língua sobre uma tábua de cozinha e com uma faca raspe bem toda a superfície

3. Para diminuir o tempo de cozimento e melhorar o aspecto do prato, corte a língua em fatias de aproximadamente um dedo de espessura.

4. Aqueça uma panela grande, adicione o azeite, o alho e a cebola juntos, deixe refogar por 1 minuto. Junte o tomate picado, o colorau e a polpa de tomate e deixe refogar mais 2 minutos.

5. Junte a língua fatiada, o cominho, o vinagre, sal e pimenta-do-reino e mexa.

6. Junte um copo de água e tampe a panela. Deixe cozinhar por 2 horas, mexendo de vez em quando e adicionando um pouco de água se necessário. Depois de cozida e bem macia, transfira para a travessa e salpique o cheiro verde.

Hummmmm… Essa textura inigualável, com esse molho delicioso sobre um purezinho de batatas, não tem comparação! Só  deixando o preconceito de lado e provando de fato para saber do que eu estou falando. Experimentem!!!! Porque tudo é relativo.

Língua de boi ensopada

Aplausos para a imbatível mestre-cuca!!!

Osélia

Anúncios
Comments
7 Responses to “O PRECONCEITO E A LÍNGUA DE BOI”
  1. Hérica disse:

    Infelizmente faço parte do time dos preconceituosos… mas amo as demais comidas da vó Ozélia!!!

    Beijos

  2. Peta disse:

    O sabor acaba com qualquer preconceito. É provar a primeira vez e todo mundo vai querer sempre!!!!!!!!

  3. Rack disse:

    Mano! Mostrei pra mãe e ela adorou! kkkkkk, damos muitas gargalhadas com a foto do boi, Bem legal vc está registrando as receitas de família, assim: O conhecimento empírico ou popular, vai continuar com vc. A mãe disse que ela aprendeu com a nossa vó o preparo da lígua de boi , e que a moelinha de galinha tb é outra iguaria maravilhosa! Ela disse que tem um galo e um pato guardadinhos e preparados para quando vc vier nos visitar, Marcelo, esse seu blog é muito bom! Parabéns!! Um beijão da Mãe e meu pra vc querido!

    • chefmarcelorodrigues disse:

      Que legal mana que vocês estão gostando das coisas da nossa família que estou registrando aqui. Gostei da dica, da próxima vez que eu for aí vou fazer o passo-a-passo da moelinha ensopada. Tem também aquele risoto maravilhoso de camarões que o Pai faz…hummmm! Pede pra Mãe guardar o galo e o pato mais um pouquinho que assim que der uma folguinha aqui eu vou aí visitá-los. Bj

  4. Rack disse:

    Marcelo, accabei de mostrar pro pai tb! ele adorou e mandou um beijão pra ti!!

  5. Maria Pena disse:

    Má, essa tá com uma cara ótima!!!! A da minha mãe também é muito boa e com purê de batata lembrou total minha infância!!!!!!!!!! Saudades! Vamos marcar um novo get!!! Beijos Má

  6. nelma disse:

    hummmm.que delicia de receita vou fazer-la amanha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: